Conselho de Ética dispensa leitura e relatório do caso Delcídio vai para votação

Brasília - Após mais de um mês paralisado na mesma fase do processo, senadores do Conselho de Ética resolveram correr, nesta terça-feira, 3, com a análise do caso do senador Delcídio Amaral (sem partido-MS). A primeira fase da reunião de hoje seria dedicada à leitura do parecer do relator Telmário Mota (PDT-RR). Após pedido do senador Lasier Martins (PDT-RS), entretanto, os senadores decidiram seguir direto para a votação.

Telmário fez a leitura da parte descritiva do processo, apresentando argumentos da acusação e da defesa. Em seguida, os advogados de Delcídio tiveram 30 minutos para fazer novas considerações. Telmário lia o seu voto, com mais de 50 páginas, quando Lasier pediu que essa fase fosse ignorada. De acordo com o senador, o que o relator leu até o momento já era suficiente para entender o seu voto.

Telmário fará apenas a leitura da última página do relatório, em que revela o seu voto. Em seguida, senadores votarão o parecer. Caso aprovado, o processo segue para a Comissão de Constituição e Justiça e, por último, para o plenário do Senado, que tem autorização para afastar definitivamente o senador.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos