Começa a reunião da comissão do impeachment no Senado

Brasília - O presidente da Comissão Especial do Impeachment no Senado, Raimundo Lira (PMDB-PB), abriu no período da manhã desta sexta-feira, 6, a sessão para a votação do relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG) pela admissibilidade do impedimento da presidente Dilma Rousseff na Casa. Pouco depois da abertura, a sessão foi suspensa por uma questão peculiar.

Após discussão entre parlamentares da oposição e do governo, o presidente decidiu pela suspensão de cinco minutos a fim de trocar a campainha usada para repreender as manifestações mais exaltadas no plenário.

Pelo rito da sessão desta sexta, Anastasia terá direito a uma fala sobre o relatório apresentado na última quarta-feira, após as primeiras comunicações. Em seguida, os líderes de partidos e blocos partidários terão, cada um, cinco minutos para encaminhar a orientação de voto.

A votação será eletrônica, mas os senadores que quiserem terão o direito de anunciar seu voto em dez segundos.

Composta de 21 membros, a comissão precisa de maioria simples (11 votos) para aprovar o relatório.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos