Estudantes tentam fazer reintegração à força no Rio

Rio de Janeiro - Integrantes do movimento Desocupa Já, contrários à ocupação de escolas da rede estadual do Rio, tentaram ontem expulsar do Colégio Estadual Prefeito Mendes de Moraes, na Ilha do Governador, os 40 alunos que tomaram a unidade em 21 de março. O grupo conseguiu arrebentar o cadeado do portão e entrar na escola, mas a PM chegou a tempo de evitar confrontos. Os alunos do Desocupa foram embora e o colégio continua invadido.

Segundo Michel Policeno, de 18 anos, integrante do Ocupa, para evitar confronto, o grupo se trancou em uma sala. "Só destrancamos quando a polícia chegou. Muitos dos que entraram não estudam aqui. Nem sei se todos são estudantes", disse. Procurados, os líderes do Desocupa não se manifestaram. Atualmente, 71 escolas participam do movimento, promovido pela Assembleia Nacional dos Estudantes - Livre (Anel), ligada ao PSTU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos