Cerca de cem pessoas se reúnem na Cinelândia em ato de apoio a Waldir Maranhão

Rio - Cerca de cem pessoas se reúnem na Cinelândia, no centro do Rio, no início da noite desta segunda-feira (9), para um ato de apoio à decisão do deputado Waldir Maranhão (PP-MA) de suspender o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Promovido pela Frente Brasil Popular, que reúne entidades contrárias ao impeachment, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), o ato reúne representantes de sindicatos, que discursam usando um carro de som. "Essa luta não vai se resolver no parlamento, mas sim aqui, nas ruas, de onde não deveríamos ter saído nunca", disse Orlando Guilhon, um dos líderes da Frente Brasil Popular no Rio.

Oito policiais militares acompanham o protesto, que segue sem tumulto. O único momento de tensão ocorreu quando um homem de aproximadamente 50 anos passou chamando o grupo de "bando de maconheiros". Ele foi embora sob gritos de "golpista".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos