Padilha sugere que Maranhão tomou decisão após ganhar cargo na Codevasf

Brasília - Cotado para ocupar a Casa Civil no eventual governo de Michel Temer (PMDB), o ex-ministro Eliseu Padilha desqualificou nesta segunda-feira, 9, o presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), que tomou a decisão de anular o processos de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Padilha usou sua conta no Twitter para citar a recente nomeação que Maranhão fez para a presidência da Companhia de Desenvolvimento do Vale do Rio São Francisco (Codevasf). "Waldir Maranhão indicou e foi nomeado presidente da Codevasf, dia 28 de abril de 2016, Felipe Menezes. Isto tem a ver com a sua ineficaz decisão de hoje?", ironizou.

Ainda no microblog, Padilha invalidou a decisão de Maranhão sobre o impeachment. "Ineficácia da decisão de Waldir Maranhão: Matéria aprovada pela Câmara, já sob competência do Senado, não é alcançada por decisão daquele (presidente interino da Câmara)", completou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos