Às vésperas da decisão do Senado, Dilma participa de conferência com mulheres

Brasília - Depois de um dia tumultuado - que começou com o cancelamento das sessões do impeachment na Câmara e terminou com a revogação da decisão por parte do presidente interino da Casa, Waldir Maranhão - a presidente Dilma Rousseff escolheu a Conferência Nacional de Política para Mulheres para fazer a defesa de seu mandato na véspera da decisão do Senado, que deve afastá-la por até 180 dias.

Com uma plateia que será formada em sua maioria por simpatizantes, Dilma participará do evento às 15 horas. Antes disso, às 10h30, a presidente tem uma reunião com o ministro do Trabalho e da Previdência Social, Miguel Rossetto, e com o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos. Às 11 horas, Dilma tem uma agenda com o ministro-chefe da Secretaria de Portos, Maurício Muniz.

A expectativa é que haja algum tipo de anúncio após as reuniões dos ministros com a presidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos