Renan diz que é positivo Temer fazer corte no primeiro escalão do governo

Brasília - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou nesta terça-feira, 10, considerar como positiva a intenção do vice-presidente Michel Temer de, se assumir o Palácio do Planalto no caso de afastamento amanhã da presidente Dilma Rousseff determinado pela Casa, de fazer um corte no primeiro escalão do governo. Temer reuniu-se com Renan na residência oficial do Senado.

"Eu acho boa, nós defendemos sempre a reforma do ministério, corte de ministérios, corte de cargos em comissão, de funções gratificadas e ele, na hipótese de assumir, está muito entusiasmado nessa reforma do Estado que eu acho assim oportuna e a sociedade está esperando isso", disse ele.

Renan disse não ter tratado com Temer sobre detalhes do eventual desenho do novo ministério, como a intenção do vice de levar o Ministério da Previdência para a pasta da Fazenda. Ele repetiu que pretende ter com o vice, se assumir o governo, a mesma relação de "independência" e especialmente de "harmonia" que tem mantido com Dilma.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos