Manifestantes pró-Dilma dizem que foram boicotados em ato em Manaus

Manaus - Manifestantes contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff reclamaram da interrupção da transmissão da sessão de votação no Senado, em telão montado na Praça do Congresso, Centro de Manaus. O aparelho foi desligado, segundo os participantes do ato, por um grupo de pessoas que passava pelo local. O fato ocorreu no momento do discurso da senadora Vanessa Graziotin (PCdoB-AM).

Com a interrupção da transmissão, os cerca de 100 militantes do partido comunista contataram a senadora por telefone, que repudiou o suposto boicote. "Isso é desespero dos golpistas", afirmou Vanessa por telefone, que já admitiu a derrota na votação. "O processo não acaba hoje, ainda será julgado no STF e temos muitas chances", considerou. Os manifestantes acompanham a transmissão da votação no Senado entre discursos de militantes e outros convidados contrários ao impeachment de Dilma.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos