Berzoini diz que ministério de Temer é retrato de falta de compromisso social

Brasília - O agora ex-ministro Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo) criticou a nova equipe ministerial montada pelo presidente interino Michel Temer. Berzoini classificou como "desrespeito" o fato de não haver nenhuma mulher entre os indicados pelo peemedebista e de o peemedebista ter optado por extinguir pastas de cunho social, como o Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.

"Esse é um retrato do que eles pensam. É um retrato do desrespeito à mulher e da falta de compromisso com a questão social. Quem cogita colocar a Previdência na Fazenda certamente não tem nenhuma noção do que é o Estado de proteção social construído pela Constituição de 1988", afirmou.

Berzoini foi exonerado nesta quinta-feira, juntamente com outros 17 ministros do governo Dilma. A lista inclui o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva - que foi nomeado chefe da Casa Civil, mas não chegou a exercer a função por causa de suspensão judicial - e outros titulares, como da Fazenda, Nelson Barbosa, da Advocacia-Geral da União, José Eduardo Cardozo, e o chefe de seu gabinete pessoal, Jaques Wagner.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos