Professor de Direito depõe como testemunha de Cunha no Conselho de Ética

Brasília - Começou na tarde desta terça-feira, 17, o depoimento do professor de Direito José Tadeu de Chiara, testemunha arrolada pela defesa do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no Conselho de Ética. O peemedebista enfrenta a fase final do processo por quebra de decoro parlamentar.

Como revelou a Coluna do Estadão, Cunha virá pessoalmente no colegiado fazer sua defesa na próxima quinta-feira, 19. O relator Marcos Rogério (DEM-RO) disse que o peemedebista manifestou apenas a intenção de vir e não deu absoluta certeza que virá. "Tomara que venha. Gostaria que viesse, é importante para o conselho", afirmou. O relator voltou a dizer que pretende entregar o parecer final ainda neste mês, mas não antes do feriado de Corpus Christi.

A fase de instrução processual terminará na quinta-feira, sem ouvir a última testemunha de defesa, o advogado suíço Lucio Velo, que não virá ao colegiado por dificuldade de estar em Brasília nesta semana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos