Criador do Ministério da Cultura, Sarney cobra de Temer recomposição da pasta

Em Brasília

  • Reprodução/BBC Brasil

    O ex-presidente José Sarney, que se encontrou com Temer para pedir que o MinC não seja extinto

    O ex-presidente José Sarney, que se encontrou com Temer para pedir que o MinC não seja extinto

Autor do decreto de março de 1985 que criou o Ministério da Cultura, o ex-presidente José Sarney (PMDB) cobrou do presidente em exercício, Michel Temer, a recomposição da pasta.

O pedido foi feito em encontro realizado nesta terça-feira (17) entre os dois e, segundo a reportagem apurou, apesar do apelo de Sarney a tendência é que Temer mantenha a decisão de extinguir o ministério, que passou a ficar sob a alçada do Ministério da Educação (MEC).

A decisão do presidente em exercício de migrar as atribuições do ministério da Cultura para o MEC causou fortes reações de artistas, profissionais do setor e de congressistas. Em meio à polêmica, integrantes da Comissão de Educação do Senado aprovaram na terça-feira requerimentos de autoria de Randolfe Rodrigues (Rede/AP) e Telmário Mota (PDT/RR), que determinam a convocação do ministro da Educação, Mendonça Filho, para prestar informações.

No plenário, o senador Jorge Viana (PT-AC) também comunicou que vai propor que o Senado realize uma sessão temática, com a presença de artistas e intelectuais, para discutir a importância do Ministério da Cultura na estrutura de um governo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos