Temer pediu para acelerar ao máximo votação na próxima semana, diz André Moura

Brasília - O líder do governo na Câmara, deputado André Moura (PSC-SE), afirmou nesta quinta-feira, 19, que o presidente em exercício Michel Temer (PMDB) pediu, em reunião no Palácio do Planalto, que se acelere ao máximo a pauta de votação prevista para a próxima semana. "Para desobstruir a pauta, votaremos Medidas Provisórias (MPs), votaremos MPs na segunda-feira (23) e tentaremos a DRU (Desvinculação de Receitas da União) e a (mudança) na meta fiscal na terça-feira (24) ", disse.

Para votar a DRU e a meta fiscal para este ano será realizada uma sessão do Congresso, prevista para terça-feira (24), mas o governo precisa destrancar a pauta da Câmara com a votação das MPs. O líder do governo avaliou ainda que, por causa do feriado de Corpus Christi na próxima quinta-feira e a possibilidade de os parlamentares voltarem para suas bases na quarta-feira, talvez não dê para votar a meta fiscal na próxima semana. O prazo final para a avaliação da meta é dia 30 de maio.

Indagado se o governo terá problemas para votar os projetos polêmicos diante da rejeição do presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), Moura ponderou: "a gente está trabalhando com o que é possível e a questão é ajudá-lo a tocar a Casa", concluiu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos