Número de grávidas com zika triplica nos EUA após mudança de cálculo

Nova York - O número de mulheres grávidas nos EUA infectadas pelo vírus da zika triplicou após o governo mudar a forma de calcular os casos.

Anteriormente, só eram considerados casos de zika quando a grávida apresentava tanto os sintomas, quanto o resultado positivo no exame de sangue. Agora, o Centro de Controle de Doenças passa a contabilizar todas que tiverem resultado positivo no exame, independente da existência de sintomas.

Assim, o número de grávidas infectadas pelo vírus em todo o país passou de 48 para 157. Fonte: Associated Press

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos