CMO alcança quórum para abertura de sessão que pode votar meta fiscal

Brasília - Quase uma hora depois do horário marcado para o início da sessão extraordinária da Comissão Mista de Orçamento, o colegiado alcançou o quórum necessário para abrir a reunião. Os parlamentares querem tentar votar o projeto de revisão da meta fiscal, que prevê déficit de R$ 170,5 bilhões.

A oposição prometeu fazer obstrução à sessão e, logo de início, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que não faz parte do colegiado, pediu o cancelamento da reunião, por falta de quórum e extrapolação do tempo.

O presidente do colegiado, deputado Arthur Lira (PP-AL), negou o apelo de Gleisi, o que gerou uma confusão no plenário. Exaltada, a senadora Gleisi teve o microfone cortado e exigiu o direito de debater a decisão do presidente.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos