Motoristas de ônibus não recebem aumento e ameaçam nova greve na cidade de SP

Os holerites dos motoristas e cobradores de ônibus da capital de São Paulo não trouxeram aumento de 7,5% que a categoria negociou com empresários do setor de transporte público. Assim, os trabalhadores ameaçam greve a partir de quarta-feira, 8.

As empresas reconhecem o atraso e prometem solução até sexta-feira, 10. A negociação do aumento evitou greve há duas semanas.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos