Maranhão diz que protestos contra ele fazem 'parte da democracia'

Brasília - O presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), deixou na noite desta quarta-feira, 8, seu gabinete dizendo que continuará presidindo a Casa, mesmo sob protesto dos adversários. "Isso faz parte da democracia", respondeu Maranhão.

O deputado enfrentou resistência do plenário, na tarde desta quarta-feira, durante a votação da prorrogação da Desvinculação das Receitas da União (DRU). Ele teve de ser substituído pelo 2º vice-presidente da Casa, Fernando Giacobo (PR-PR).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos