Centenas de pessoas se reúnem ao redor da igreja da Candelária contra Temer

Rio - Centenas de manifestantes se reuniam ao redor da igreja da Candelária, no centro do Rio, às 18h30 desta sexta-feira, 10, para protestar contra o governo do presidente em exercício, Michel Temer (PMDB). O ato, chamado "Fora Temer - Não ao Golpe", é organizado pela Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central Única dos Trabalhadores (CUT), grupo Povo Sem Medo e diversas outras entidades da sociedade civil. Além do Rio, o protesto foi programado também em outras 17 capitais brasileiras.

Representantes de vários movimentos sociais discursaram, criticando iniciativas do governo Temer - como a extinção do Ministério da Cultura, depois recriado - e defendendo a presidente afastada, Dilma Rousseff (PT). Também são alvo do protesto no Rio o deputado federal afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e o também deputado Pedro Paulo Carvalho Teixeira (PMDB-RJ), pré-candidato a prefeito do Rio e que, no ano passado, admitiu ter agredido a ex-mulher.

Por volta das 19 horas, os manifestantes planejavam caminhar pela Avenida Rio Branco até a Cinelândia, onde estão programadas "atividades culturais".

A Polícia Militar acompanha o ato, que é pacífico. A instituição não estimou o número de participantes. Organizadores calcularam que cerca de 800 pessoas estão presentes ao ato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos