Falso professor é preso no Bom Retiro por suspeita de pedofilia

Em São Paulo

Um técnico em computação de 57 anos foi preso na manhã desta sexta-feira (17) no Bom Retiro, na região central de São Paulo, acusado de estuprar crianças e adolescente de 12 a 16 anos. Segundo a Polícia Civil, quatro casos estão confirmados e outros quatro, sob investigação.

Os policiais da 1ª DDM (Delegacia da Mulher) apuraram que o suspeito se passava por professor de reforço escolar e oferecia seus serviços em comunidades carentes do Bom Retiro. Ele conquistava a confiança dos pais e levava as crianças até a sua casa, onde aconteciam os abusos. Na casa dele, foi apreendido material pornográfico.

Segundo a polícia, a vítima mais recente foi uma menina de 12 anos. Nos outros três casos, há dois adolescentes de 15 e 16 anos, e uma jovem de 19, que afirma ter sido abusada dos dez aos 16 anos. Em depoimento, o suspeito negou as acusações. A Justiça decretou a prisão temporária por 30 dias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos