Estamos começando as conversações, diz líder do PSDB sobre sucessão de Cunha

Brasília - O líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy (BA), afirmou nesta terça-feira, 21, que a bancada começou a discutir possíveis nomes para suceder o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), caso o cargo venha a ficar vago. O peemedebista afirmou em entrevista realizada nesta terça que não irá renunciar ao comando da Casa.

"Primeiro temos que aguardar a vacância do cargo. Mas evidentemente, com tudo que tem acontecido nos últimos dias, nós estamos nos preparando, começando a fazer conversações dentro da nossa bancada e também começando a receber outros líderes, que desejam uma convergência no sentido de encontrar um candidato, que possa reunir condições de restabelecer a normalidade", afirmou Imbassahy, após reunião com integrantes da bancada do PSDB.

O tucano tem ressaltado também que não está descartado um possível apoio ao nome de um integrante do "Centrão", grupo formado por PP, PSD, PR, e PTB, para substituir Cunha num possível mandato "tampão". O nome mais cotado atualmente é o do líder do PSD, Rogério Rosso (DF).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos