Presos na operação Custo Brasil chegam no fim da tarde em Guarulhos (SP)

São Paulo - Os dois aviões com seis presos da Operação Custo Brasil devem chegar às 18 horas no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, de acordo com a Polícia Federal. Uma das aeronaves vem de Pernambuco e a outra saiu de Brasília com escalas em Porto Alegre e Curitiba. Entre os presos está o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo.

Ao todo foram cumpridos nove dos onze mandados de prisão expedidos. Além dos seis presos que chegarão em Guarulhos, duas pessoas foram presas em São Paulo: o secretário municipal de gestão Valter Correia e um homem identificado como Washington. O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, que teve um mandado de prisão expedido no âmbito da Custo Brasil, permanecerá preso em Curitiba.

Duas pessoas que tiveram mandados de prisão preventiva expedidos não foram localizadas. A PF não identificou quem seriam estas pessoas.

Dos 14 mandados de condução judicial, onze foram cumpridos. Três pessoas não foram localizadas. Neste tipo de mandado, a pessoa intimada pode se recusar a dar declarações aos investigadores.

A PF informou que, por ora, não irá emitir uma lista com todos os alvos da operação. Os investigadores suspeitam que R$ 100 milhões teriam sido desviados entre 2010 e 2015, por meio do contrato com a empresa Consist, que gerenciava os empréstimos consignados de funcionários públicos. Parte do dinheiro teria sido desviada ao PT.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos