Fontes: Brexit pode facilitar abertura de mercado agrícola para o Brasil

O aumento do protecionismo econômico na União Europeia após a saída do Reino Unido pode complicar as negociações com o Mercosul. Porém, por outro lado, cresce a perspectiva de um acordo com os britânicos, com abertura do mercado agrícola, de acordo com fontes ouvidas pelo Broadcast.

É nesse setor que pode haver maior ganho da estratégia do ministro das Relações Exteriores, José Serra, de buscar todo tipo de acordo possível com os ingleses. O país tem pouca produção agrícola, e boa parte do consumo é suprido com importações.

Hoje, o embaixador do Reino Unido no Brasil, Alexander Ellis, reuniu se com o assessor internacional do Palácio do Planalto, embaixador Claudio Frederico de Matos Arruda, para dizer que a relação com o Brasil não será afetada. O Itamaraty havia emitido nota expressando essa mesma disposição, pelo lado brasileiro, na sexta feira passada.

Por enquanto, as negociações entre o Mercosul e a União Europeia não foram afetadas, segundo fontes diplomáticas. Na semana passada, negociadores dos dois lados reuniram-se em Montevidéu para acertar o cronograma de encontros no segundo semestre. Foi marcada para outubro uma reunião do Comitê Negociador Birregional.

O início de negociações isoladas com o Reino Unido, por sua vez, é visto como uma consequência natural do processo de separação. O início dos diálogos, porém, deverá demorar um pouco. O Reino Unido precisa primeiro recuperar sua autonomia de formulação da política comercial. (Lu Aiko Otta)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos