Renan quer incluir independência do BC na pauta do Senado após eleições

Brasília - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), demonstrou interesse de trazer para a pauta do Senado um projeto sobre a independência do Banco Central. Ele confirmou que defendeu a questão em reunião nesta quarta-feira, dia 29, com o presidente da instituição, Ilan Goldfajn.

"Eu disse para o presidente do Banco Central que ainda não temos uma correlação favorável a essa decisão, mas que estamos nas comissões (do Senado) amadurecendo a ideia e que, logo depois das eleições, vamos votar essa matéria, controversa, mas que precisa ser decidida", afirmou Renan. De acordo com a proposta do presidente do Senado, haveria mandato específico para o presidente e os diretores do Banco.

Renan também se comprometeu a votar já na próxima terça-feira, dia 5, a indicação de diretores do Banco Central, logo em seguida à sabatina a ser realizada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

"Se houver a aprovação dos nomes na CAE, faremos a votação no mesmo dia em plenário. Será uma demonstração do Senado com o compromisso de agilizar procedimentos que são fundamentais para a retomada da confiança e do crescimento do País", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos