Mãe e irmã de brasileira desaparecida estão em Nice em busca de notícias

No Rio

  • REUTERS/Pascal Rossignol

    15.jul.2016 - Área próxima ao local em que houve o ataque terrorista em Nice, na França, é tomada por homenagens

    15.jul.2016 - Área próxima ao local em que houve o ataque terrorista em Nice, na França, é tomada por homenagens

A mãe e uma irmã da brasileira desaparecida depois do atentado em Nice, no dia 14 de julho, estão na cidade francesa em busca de notícias de Elizabeth Cristina de Assis Ribeiro, 30. Elizabeth mora na Suíça e estava em Nice a passeio com o marido, Silyan, e três filhas. Kayla, de seis anos, morreu no atentado. Djulia, de quatro, e Kimea, de sete meses, foram salvas pelo pai. Silyan, que é suíço, e as duas filhas estão internados em no hospital da Fundação Lenval, em Nice, onde recebem atendimento psicológico.

Segundo Ana Cláudia de Assis Ribeiro, irmã de Elizabeth, a mãe, Maria Inês, e outra irmã, Ana Margareth, viajaram até Nice para encontrar a família e para tentar localizar Elizabeth. Inês e Margareth também moram na Suíça. "As crianças estão bem fisicamente, não estão feridas. Mas ainda não tivemos notícias da minha irmã", afirmou Ana Cláudia, que mora no Rio de Janeiro. A família tem esperança de que Elizabeth esteja em algum outro hospital da cidade.

A carioca Elizabeth mora na Suíça desde 1998, quando Inês mudou-se com as filhas para a cidade de Orbe. A brasileira, o marido e as três crianças, nascidas na Suíça, estavam de férias em Nice, onde ficariam até o início de agosto. O ataque em Nice provocou 84 mortes e há 85 feridos, 18 deles em estado grave.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos