OAB critica redução de velocidade e aguarda análise de ação na Justiça

São Paulo - Um dia depois da adoção da redução da velocidade, a seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) reagiu e foi à Justiça contra a medida. Em campanha liderada pelo presidente Marcos da Costa, ela fez críticas à decisão da Prefeitura e pedia a reversão da redução e mais debate com a população sobre o assunto.

Passado um ano, a ação ainda tramita na 11ª Vara da Fazenda Pública da Capital sem decisão e, mesmo diante das estatísticas mostrando queda de acidentes e lentidão, Costa manteve sua posição.

 

"O administrador não é o dono da cidade. Para tomar uma decisão dessa envergadura, transformar uma via expressa em avenida, precisaria ter ouvido a sociedade", disse.

A administração municipal não comentou o posicionamento.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos