Clones de Dolly estão saudáveis

São Paulo - Os clones gerados a partir de células da ovelha Dolly estão envelhecendo normalmente, segundo um novo estudo publicado ontem na revista Nature Communications.

Primeiro animal clonado a partir de uma célula adulta, a ovelha Dolly foi sacrificada com uma injeção letal em 2003, após desenvolver osteoartrite, uma doença degenerativa das articulações, típica da idade avançada. Com sua morte precoce, especulou-se que animais clonados poderiam ter vidas mais curtas e menos saudáveis. Dolly morreu aos 6,5 anos, cerca de metade da expectativa de vida prevista para sua espécie.

No novo artigo, no entanto, um grupo de cientistas da Universidade de Nottingham (Reino Unido) descreve o primeiro estudo de longo prazo sobre a saúde de animais clonados. Eles analisaram 13 clones, com idade entre 7 e 9 anos - o equivalente a 60 a 70 anos na idade humana -, incluindo quatro ovelhas produzidas a partir da mesma linhagem de células de Dolly, batizadas de Daisy, Debbie, Denise e Dianna. As quatro nasceram em julho de 2007, a partir de células adultas da mesma glândula mamária que deu origem a Dolly. A conclusão do estudo é que as 13 ovelhas chegaram saudáveis à velhice, apresentando apenas leves sintomas de osteoartrite, considerados comuns nessa idade.

A pesquisa foi liderada por Kevin Sinclair, da Universidade de Nottingham, que também participou da clonagem de Dolly, em 1996. Os cientistas submeteram os animais a avaliações dos músculos e esqueletos, a testes metabólicos e medições de pressão sanguínea, além de exames radiológicos de todas as articulações principais. Os resultados dos testes com as ovelhas clonadas foram comparados com os de um grupo de controle de ovelhas normais com idade de 5 a 8 anos. Os animais também foram submetidos a testes para tolerância à glicose e sensibilidade à insulina.

"O envelhecimento saudável dos clones ainda não havia sido devidamente investigado. Uma das preocupações nos primeiros dias era de que os descendentes de clones pudessem envelhecer prematuramente, e Dolly foi diagnosticada com osteoartrite com a idade de 5 anos. De acordo com nossas detalhadas avaliações, concluímos que nossos clones, considerando a idade, estão totalmente saudáveis", afirmou Sinclair.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos