Humberto Costa diz que relatório de Anastasia equivale à 'senha' do golpe de 1964

Brasília - O ex-líder do governo Dilma Rousseff no Senado, Humberto Costa (PT-PE), fez um paralelo do processo de impeachment com o golpe militar de 1964. Para o senador, o relatório de Antonio Anastasia (PSDB-MG), favorável ao afastamento da petista, equivaleria à senha do golpe.

"Com todo respeito, o relatório de vossa excelência equivale a uma senha para o golpe. Ninguém consegue acreditar que se conseguiu provar que a presidente cometeu qualquer crime", disse Humberto.

Para o petista, o processo de impeachment usa tecnicidades jurídicas para tentar justificar o afastamento ilegítimo de Dilma Rousseff. Ele citou o resultado da perícia e de decisão do Ministério Público Federal, que isentaram a presidente de culpa pelas pedaladas fiscais.

"Isso é um mero formalismo. Estamos dando uma pedalada constitucional, passando por cima da Constituição para atender a um projeto político. Há alguém que foi escolhido como criminoso e agora se inicia a buscar pelo crime cometido", afirmou.

Medidas fiscais de Temer

O ex-líder de Dilma também criticou as medidas fiscais do Governo Temer. "Acusaram Dilma de fazer farra fiscal, e o que o presidente atual fez?", indagou.

Ele citou o déficit fiscal de R$ 170,5 bilhões em 2016 e de R$ 139 bilhões em 2017, além da paralisação da negociação do pagamento da dívida dos Estados às vésperas de eleições regionais.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos