Senadores podem se convencer e mudar de posição, diz Monteiro sobre impeachment

São Paulo - 09/08/2016 - - O senador Armando Monteiro (PTB-PE), ex-ministro do governo Dilma Rousseff, afirmou nesta terça-feira, 9, que os parlamentares podem mudar de posição na votação da pronúncia do afastamento de Dilma na Casa, em relação ao voto proferido na admissibilidade do processo, em 12 de maio.

"Temos que sempre pressupor de que no curso do processo os senadores, que atuam como juízes, podem se convencer de alguns elementos e podem mudar de posição. (Que) tanto os que votaram pela admissibilidade não votem pela pronúncia e ao contrário, isso é próprio do processo", afirmou Monteiro à TV Senado, quando perguntado se Dilma conseguiria manter os 22 votos contra a continuidade do processo.

Ele reforçou que manterá sua posição ao votar contra a pronúncia do afastamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos