DRU deve ser votada na próxima semana no plenário do Senado, diz Renan

Brasília - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou que o Senado tem se esforçado para dar encaminhamento à prorrogação da Desvinculação das Receitas da União (DRU), projeto prioritário do governo do presidente em exercício, Michel Temer. De acordo com Renan, o projeto será votado na próxima semana no plenário do Senado.

Por uma questão regimental, a proposta precisa passar por cinco sessões de discussão plenária. Renan reiterou o esforço do Senado em realizar sessões, mesmo com o quórum baixo, para que a determinação fosse cumprida o mais rapidamente possível.

Mesmo após a sessão que deu prosseguimento ao impeachment, e entrou pela madrugada dessa quarta-feira, 10, senadores abriram uma breve sessão nessa tarde para contar prazo para a tramitação da matéria. Com o mesmo objetivo, uma sessão extraordinária será aberta nessa quinta-feira, 11.

O projeto prorroga até 2023 a desvinculação de 30% das receitas da União e, apesar de não aumentar a arrecadação, flexibiliza a alocação da verba do governo. A proposta é prioritária para a equipe econômica de Temer.

Dívida dos Estados

Após longa sessão e divergências na aprovação do projeto de renegociação da dívida dos Estados na Câmara, Renan prevê que o processo seja mais simples no Senado. Ele afirmou que os senadores devem votar o texto da forma como veio da Câmara.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos