Justiça proíbe Prefeitura de usar dinheiro de multas para pagar salários da CET

São Paulo - A Justiça determinou na terça-feira, 9, à gestão Fernando Haddad (PT) que deixe de usar o dinheiros das multas de trânsito depositado no Fundo Municipal do Desenvolvimento de Trânsito de São Paulo para pagar despesas operacionais e de custeio da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), "inclusive folha de pagamento".

A decisão liminar é da juíza Carmen Cristina Teijeiro e Oliveira, da 5ª Vara da Fazenda Pública da Capital, que acolheu pedido em ação de improbidade movida pelo promotor Marcelo Milani, da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos