Lewandowski fará nova reunião com líderes para definir rito, diz Renan

Brasília - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou nesta quarta-feira, 10, que os líderes partidários se reunirão novamente para definir o rito do julgamento do impeachment, assim como foi feito antes da sessão que aprovou o prosseguimento do processo. A reunião será coordenada pelo ministro do Supremo, Ricardo Lewandowski, que, segundo Renan, teria ele mesmo demonstrado intenção de se reunir com os líderes.

A reunião será na próxima semana, após a entrega do libelo da defesa, que está marcado para essa sexta-feira, 12. Ele não mencionou a data exata, podendo ser na terça ou na quarta-feira.

O presidente do Senado disse que o dia mais provável para o início do julgamento é 25 de agosto e voltou a afirmar que todos os prazos da lei serão respeitados. Ele estima que o julgamento dure apenas três dias, mas técnicos do STF calculam que é possível que se estenda por uma semana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos