Autoridade dos EUA pede avanço no combate ao zika em Porto Rico

San Juan - O cirurgião geral dos Estados Unidos pediu para que Porto Rico avance com sua campanha educativa contra o zika vírus e alerta que 25% da ilha será infectada pelo vírus até o final de ano.

Durante uma visita ao território norte-americano nesta quinta-feira, o doutor Vivek Murthy disse que as autoridades locais também precisam impulsionar os esforços de controle da proliferação de mosquitos transmissores e tornar a contracepção mais acessível. O zika vírus tem sido associado a defeitos na formação de fetos.

Murthy disse que é preciso mais financiamento para diminuir o acúmulo de casos a serem testados em Porto Rico.

A ilha já reportou 8.776 casos, incluindo 901 em mulheres grávidas. No total, 88 pessoas foram hospitalizadas. Fonte: Associated Press.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos