Polícia apreende 3 toneladas de palmito ilegal em Jacareí (SP)

Em Sorocaba (SP)

  • Divulgação

    Cerca de 1.500 quilos apreendidos eram de palmito in natura

    Cerca de 1.500 quilos apreendidos eram de palmito in natura

Policiais civis apreenderam três toneladas de palmito numa fábrica clandestina do produto, na zona rural de Jacareí, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo. Cerca de 1.500 quilos estavam processados e embalados em potes. Outros 1.500 quilos eram de palmito in natura. A suspeita é de que o produto tenha sido extraído da palmeira juçara, espécie da Mata Atlântica, ameaçada de extinção.

Os policiais chegaram ao local depois de receber denúncia de que ali funcionava uma refinaria de droga. Os três homens suspeitos de extrair e processar o palmito conseguiram fugir.

Com um morador da casa, foi encontrada uma arma. Ele foi preso por porte ilegal e mostrou aos policiais o local onde o palmito era processado e guardado. Conforme seu relato, os homens buscavam as palmeiras em matas da Serra do Mar e das encostas da Mantiqueira.

Esta foi a segunda grande apreensão de palmito no Estado em menos de uma semana. No último sábado (6), uma operação da Polícia Militar Ambiental fechou uma fábrica clandestina e apreendeu 2.500 potes e 406 unidades de palmito in natura, em Cananéia, no litoral sul paulista. O produto foi obtido com o corte de 1,5 mil palmeiras da espécie juçara.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos