Presidente de cooperativa será ouvido hoje pela CPI da Merenda

São Paulo - A CPI da Merenda na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) ouve nesta terça-feira, 16, o ex-presidente da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf) Cássio Chebabi e outros três ex-funcionários da entidade, acusada de superfaturamento e pagamento de propina em contratos com prefeituras paulistas e o governo do Estado para fornecimento de suco de laranja da alimentação escolar.

Chebabi foi preso em janeiro deste ano pela Operação Alba Branca e disse, em acordo de delação premiada, ter pago propina a políticos, incluindo o presidente da Alesp, Fernando Capez (PSDB), e o deputado federal e ex-secretário estadual de Transportes Duarte Nogueira, do mesmo partido. Ambos negam a acusação.

Chebabi também é acusado de fraudar um registro da Coaf para poder participar da chamada pública da Secretaria Estadual da Educação em 2014, no valor de R$ 11,4 milhões. A defesa dele não se manifestou; a pasta diz ser vítima da Coaf.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos