Disseminação do zika ameaça imagem de Miami como destino turístico

Um possível aumento de casos de zika transmitidos localmente em Miami ameaça atingir a indústria do turismo, uma poderosa engrenagem econômica da cidade e em todo o Estado da Flórida, nos Estados Unidos.

O ano passado foi o melhor para o turismo na área de Miami, com 15,5 milhões de visitantes, um aumento de 6,4% sobre 2014. Em 2015, os visitantes gastaram cerca de US$ 24,4 bilhões na região, pelo menos US$ 500 milhões a mais que no ano anterior.

"Não acho que as notícias sobre zika sejam algo que alguém gostaria de ouvir", disse Melissa Berthier, porta-voz da cidade de Miami. "Mas estamos continuando com nossas medidas para combater o mosquito, e estamos seguindo as recomendações do Departamento de saúde".

O impacto pode se estender para além de Miami, caso os temores sobre transmissões locais se espalhem. Isso deve afetar a indústria do turismo em todo o Estado, que continua a registrar recordes. Na semana passada, o governador Rick Scott anunciou que, nos primeiros seis meses do ano, a Flórida recebeu 57,4 milhões de visitantes, um aumento de 4,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos