Em SP, Temer deixa escritório e segue para reunião com ministros e parlamentares

São Paulo - O presidente em exercício, Michel Temer (PMDB), saiu no início da tarde desta sexta-feira, 19, de seu escritório no bairro Itaim Bibi, em São Paulo. Segundo a assessoria de imprensa, ele irá diretamente para o escritório oficial na Avenida Paulista, local da reunião convocada por Temer com ministros e parlamentares para tratar da agenda econômica no Congresso.

Devem participar do encontro os ministros Henrique Meirelles (Fazenda), Eliseu Padilha (Casa Civil) e Dyogo Oliveira (Planejamento), além dos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM). O senador Romero Jucá (PMDB), ex-ministro de Temer, também foi convidado. Os líderes do governo no Senado, Aloysio Nunes (PSDB), e na Câmara, André Moura (PSC), também foram "intimados" por Temer.

Mais cedo, Padilha disse à reportagem que a reunião de trabalho servirá para "afinar a viola sobre Orçamento Geral da União e sobre todos os projetos em andamento".

A assessoria da Presidência informou que Temer almoçou com amigos em seu escritório. Um ministro deve conceder entrevista coletiva após a reunião da tarde, segundo a assessoria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos