Funcionários do Itamaraty prometem greve a partir de segunda-feira

Em Brasília

  • Nicolás Celaya/Xinhua

    O chefe do Itamaraty é o ministro José Serra

    O chefe do Itamaraty é o ministro José Serra

Funcionários do Itamaraty prometem iniciar uma greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira, dia 22.

Mesmo mantendo um efetivo de 30% em operação, eles preveem impacto em serviços como legalização de documentos, assistência consular e emissão de passaportes e vistos, entre outros.

O Sinditamaraty, sindicato da categoria, informa que a greve é devida ao fracasso das negociações com o Ministério do Planejamento em torno do reajuste salarial.

A proposta da área econômica, de 27,9% em quatro parcelas, foi recusada em assembleia. Eles querem equiparação salarial com outras carreiras típicas de Estado, como fiscais da Receita Federal e policiais federais.

O sindicato alega que, dependendo da faixa, a defasagem salarial em relação a outras carreiras chega a 31,88%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos