Doações de sangue na Grécia são suspensas após alta nos casos de malária no país

Atenas - O ministério da Saúde da Grécia afirmou hoje que suspendeu a coleta de sangue no país após uma alta dos casos de malária no país, uma consequência do alto número de imigrantes que chega ao país.

A medida entrou em vigor nesta segunda-feira após 65 casos de contaminação relatados desde o início do ano, a maioria envolvendo imigrantes. O ministério descreveu os casos como "esporádicos" e disse que eles não são motivo de preocupação.

Mais de um milhão de imigrantes chegaram a Grécia desde o início da crise de refugiados na Europa, em 2015. Cerca de 60 mil permanecem no país após o fechamento de fronteiras.

A associação médica de Atenas argumentou que o governo estava despreparado para um surto de malária e pediu a renúncia de um dos chefes do ministério da Saúde. Fonte: Associated Press.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos