Vale espera que Samarco volte a operar em junho de 2017

São Paulo - A Vale disponibilizou para a Samarco uma linha de crédito de até US$ 100 milhões de curto prazo para apoiar suas operações. O diretor executivo de Relações com Investidores da Vale, André Figueiredo, disse que a expectativa neste momento é de que a licença ambiental para a Samarco seja obtida em fevereiro, o que permitirá que a empresa volte a operar em junho do ano que vem.

Segundo Figueiredo, havia uma expectativa de que a Samarco voltasse a operar ainda neste ano e que por isso o provisionamento foi feito apenas no segundo trimestre deste ano. O executivo destacou que sua estimativa é de que sua contribuição para a Fundação no segundo semestre deste ano seja de US$ 150 milhões, o que será reduzido de seu provisionamento já realizado de R$ 3,7 bilhões.

O acordo assinado entre Samarco, Vale e BHP Billiton e os governos Federal e estaduais de Minas Gerais e do Espírito Santo define a criação de uma Fundação de direito privado que será responsável pela criação e gestão de programas de recuperação social, ambiental e econômica das regiões atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos