Perrella declara voto a favor do impeachment

Brasília, 30 (AE) - O senador Zezé Perrella (PTB-MG) disse que não questiona a honestidade pessoal da presidente Dilma e que tem certeza de que ela não obteve nenhum benefício pessoal, porém avaliou que a petista cometeu crime de responsabilidade pela emissão dos decretos de crédito suplementar sem a autorização do legislativo. Perrella, que foi o 40º parlamentar a discursar na sessão de julgamento da presidente afastada, declarou voto a favor do impeachment.

Ele disse que Dilma não respondeu suas perguntas no interrogatório. "Ontem, Dilma demonstrou toda a sua mágoa por Cunha. Pelo seu discurso, parece que apenas ele foi responsável pelo impeachment", comentou. Segundo Perrella, Cunha não foi o responsável, e sim a má gestão petista. Perrella afirmou também que o governo Dilma quebrou as empresas públicas. "Esse pessoal não consegue tocar nem uma padaria", ironizou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos