Representantes de movimentos sociais entram no Alvorada para apoiar Dilma

Brasília - Aproximadamente 30 representantes de movimentos sociais entraram no Palácio da Alvorada, para acompanhar a votação do impeachment próximo da presidente afastada, Dilma Rousseff. O grupo constava de uma lista, que havia sido formada na terça-feira, 30. Alguns manifestantes trouxeram flores para serem entregues a Dilma.

O gesto repete uma tentativa que havia sido planejada na segunda-feira, quando a presidente afastada fez um pronunciamento no Senado. Naquela manhã, manifestantes pretendiam entregar rosas para Dilma, antes de o pronunciamento começar. A presidente afastada, no entanto, seguiu naquela manhã direto para o Senado, sem se encontrar com manifestantes.

O movimento no Palácio da Alvorada é calmo nesta quarta-feira. Cerca de 200 pessoas estão do lado de fora, num sinal de apoio à presidente afastada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos