SP: estudante perde a visão de um olho após ser ferida em ato contra impeachment

São Paulo - A estudante mineira Débora Fabri, de 19 anos, perdeu a visão do olho esquerdo após ser atingida nesta quarta-feira, 31, por estilhaços de bombas lançadas por policiais militares durante o protesto no centro de São Paulo contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Trata-se do terceiro caso em três anos em que manifestantes ou profissionais de imprensa ficam cegos de um dos olhos em consequência de ação policial de repressão a protestos de rua na capital paulista.

Questionada sobre o assunto, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou que não iniciou procedimento de investigação interna porque a jovem não registrou boletim de ocorrência. Em nota, a SSP afirma apenas que "respeita o direito de manifestação e está empenhada em garantir a segurança dos manifestantes".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos