Falha causou vazamento de amônia que matou 1 e feriu 30 em frigorífico

Franca - Problemas em um equipamento de refrigeração teriam causado o vazamento de amônia que matou uma pessoa e feriu 30 na semana passada em um frigorífico em Barretos, no interior de São Paulo. A conclusão é da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), que inspecionou o frigorífico Minerva Foods durante dois dias.

Foi detectado dano no evaporador, que é usado no sistema de refrigeração da companhia. Entretanto, o relatório final com detalhes do problema ainda será publicado. Ele "será a base para aplicação das sanções administrativas cabíveis no caso", diz a Cetesb.

A Polícia Civil também apura o ocorrido e tenta descobrir se houve negligência por parte do frigorífico. O caso foi registrado como homicídio culposo, quando não existe a intenção de matar. A Minerva Foods alega que presta apoio às vítimas e aguarda as apurações.

Contaminação

O vazamento aconteceu na quarta-feira, 31, e no dia seguinte a empresa voltou a operar, após o Corpo de Bombeiros descontaminar as áreas atingidas pela amônia. Parte das carnes que estavam no local teve de ser inutilizada no aterro sanitário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos