Ex-prefeito de Campinas-SP tem candidatura negada pela Justiça

Em Campinas (SP)

  • César Rodrigues/Agência Anhanguera/Agência O Globo

    O ex-prefeito de Campinas Hélio de Oliveira Santos (PDT), conhecido como Dr. Hélio

    O ex-prefeito de Campinas Hélio de Oliveira Santos (PDT), conhecido como Dr. Hélio

A Justiça Eleitoral negou ontem o registro da candidatura do ex-prefeito de Campinas Hélio de Oliveira Santos (PDT), conhecido como Dr. Hélio, que tentava voltar ao Palácio dos Jequitibás. Ele foi cassado, em 2011, por omissão e negligência em supostas fraudes em contratos públicos.

O Ministério Público Eleitoral havia impugnado o registro da candidatura no dia 23 de agosto. Dr. Hélio, que comandou o Executivo campineiro por dois mandatos --foi cassado no segundo--, tinha se tornado inelegível até 2024 após ter três contas reprovadas pela Câmara Municipal e pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

A decisão de negar o registro da candidatura foi do juiz Sérgio Araújo Gomes, da 33ª Zona Eleitoral de Campinas. Além das duas rejeições há a ausência de certidão de quitação eleitoral.

A defesa do pedetista, contudo, afirmou que irá recorrer da decisão no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.

Pesquisa

Em pesquisa Ibope divulgada no mês passado, o pedetista apareceu na segunda colocação, com 12% das intenções de votos. Considerando apenas os votos válidos, o patamar subia para 17%.

Contudo, a rejeição de Hélio, segundo o Ibope, era de 60% - superior a todos os outros candidatos somados. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos