Gangues de motoqueiros assaltam moradores na zona sul de São Paulo

São Paulo - Moradores do Parque Maria Alice, no extremo sul de São Paulo, estão assustados com os constantes assaltos realizados por motoqueiros. Segundo relatos, os roubos são praticados a qualquer hora do dia ou da noite. A Rua Antonio de Pina registra o maior número de casos. Os roubos ocorrem sempre a mão armada e de forma muito rápida.

Um comerciante que não quis se identificar relata que os ataques são quase que diários e sem restrições. Segundo ele, ninguém escapa da ação dos bandidos. "Há poucos dias um carteiro foi amarrado, e teve todos os malotes que carregava roubados. Tudo isto bem na porta do meu estabelecimento, em plena luz do dia", afirmou.

A situação tem feito com que a vizinhança acabe por adotar medidas próprias de segurança. Uma aposentada, que também prefere o anonimato, diz que evita sair sozinha, e para isto sempre conta com a ajuda de um vizinho. Outra medida adotada por moradores foi a de evitar sair com celulares, relógios ou até mesmo bijuteria.

Os depoimentos também dão conta do registro de arrastões. Há reclamações de que as rondas realizadas pela Polícia Militar ficam limitadas a vias mais movimentadas, como a M’Boi Mirim. Ruas e travessas particulares ficariam sem a presença da PM.

Procurada a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo não se pronunciou até o fechamento desta reportagem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos