Boca de urna e divulgação de propaganda são principais motivos de prisões

Brasília - O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que, até as 10h12 deste domingo, os principais motivos para prisões de candidatos e não candidatos foram a boca de urna e a divulgação de propaganda. Em todo o País, já foram presos 4 candidatos por boca de urna e 14 por divulgação de propaganda. No caso de não candidatos, 30 pessoas foram presas por boca de urna e 46 por divulgação de propaganda.

Considerando todos os tipos de ocorrência, 21 candidatos foram presos até as 10h12, horário de referência do segundo relatório do TSE sobre o andamento das eleições. Sem contar os candidatos, outras 142 pessoas foram detidas, até esta última atualização.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos