"País não tolera mais corruptos", diz presidente do TRE-SP


Em São Paulo (SP)

  • J. Duran Machfee/Futura Press/Folhapress - 1.10.2016

    Mário Devienne Ferraz, presidente do TRE-SP

    Mário Devienne Ferraz, presidente do TRE-SP

Em pronunciamento público divulgado na véspera das eleições deste domingo (2), o presidente do TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral), desembargador Mário Devienne Ferraz, afirmou que o país "não tolera mais políticos corruptos, desonestos, oportunistas".

"Afaste da vida pública os que não merecem a sua confiança, que utilizaram o cargo público em benefício próprio ou de terceiros, os desonestos, oportunistas e corruptos. O país não tolera mais políticos dessa espécie", disse Devienne em mensagem aos eleitores. Foi a mais contundente manifestação do presidente da Corte eleitoral, sob cuja tutela encontra-se o maior colégio do País -- 33 milhões de eleitores em todo o Estado e 100 mil urnas eletrônicas.

"Todos têm um importante dever cívico a cumprir", disse o desembargador, no pronunciamento divulgado sábado à noite, 1.º "É dia de escolher prefeitos e vereadores para as nossas cidades. A votação na urna eletrônica é simples e rápida. Porém, os eleitos administrarão as nossas cidades por quatro anos. Isso trará reflexos na vida de todos, pois eles cuidarão de questões em áreas como saúde, educação, moradia, transporte, saneamento básico"

Devienne destacou que o voto é a voz e a força do eleitor. "Não o desperdice. Serão os eleitores que dirão, nas urnas, qual o país querem ter daqui para frente. Esteja certo, eleitor, de que o voto dado será o voto apurado. Nosso sistema eletrônico, que completa 20 anos em 2016, é seguro, confiável e reconhecido aqui e internacionalmente".

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos