Após confusão, grupo é barrado por comissão e protesta no corretor da Câmara

Brasília - Após a confusão que resultou na expulsão de um manifestante do plenário em que se reúne a Comissão Especial da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que institui um teto de gastos, o acesso à sala foi restringido pelos seguranças da Câmara dos Deputados. Um grupo que foi barrado ocupa o corredor das comissões neste momento.

"Queremos entrar, queremos entrar!", gritaram. "Não à PEC da morte", emendaram. Apenas funcionários e profissionais identificados com credencial têm acesso livre ao plenário da comissão neste momento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos