Comissão rejeita destaque da PEC do Teto sobre exceção a reajuste de servidor

Brasília - A Comissão Especial da Câmara dos Deputados que analisa a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241 - que cria o teto para o crescimento dos gastos públicos - rejeitou nesta noite de quinta-feira, 6, em votação simbólica o destaque que propunha colocar os efeitos financeiros dos reajustes já concedidos para servidores como exceções para o Novo Regime Fiscal.

O destaque, apresentado pelo deputado Gilberto Nascimento (PSC-SP), também pedia que as atividades de administração tributária da União ficassem fora do teto, o que beneficiaria as carreiras da Receita Federal. Restam ainda quatro destaques a serem votados.

O texto-base do parecer do relator Darcísio Perondi foi aprovado mais cedo pela Comissão por 23 votos a sete e irá ao Plenário da Câmara para votação em primeiro turno na próxima segunda-feira, 10.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos