Alckmin cumpre agenda nacional e defende prévias no PSDB em 2018

São Paulo - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), defendeu ontem, em Cuiabá, uma "agenda da competitividade" para que o País volte a crescer e que virá com a aprovação das reformas. "As reformas são urgentes", disse Alckmin. Sem assumir oficialmente sua candidatura para presidente em 2018, o governador defendeu a reforma política partidária e também a realização de prévias no PSDB para a escolha do candidato. "Sou fã das prévias", afirmou.

Em entrevista a uma TV local, Alckmin lembrou que foi por meio desse sistema que o presidente Barack Obama conseguiu disputar as eleições dos Estados Unidos. Também citou a importância do processo para a escolha de seu afilhado político João Doria, prefeito eleito de São Paulo no primeiro turno, para disputar as eleições municipais pelo partido.

O governador paulista esteve ontem em Cuiabá cumprindo a agenda de lançamento dos testes clínicos da vacina contra a dengue produzida pelo Instituto Butantan. Na mesma semana em que Doria foi eleito, Alckmin começou a diversificar sua agenda pelo País. Anteontem, esteve em Brasília para discutir com outros colegas governadores e o presidente Michel Temer alternativas para a grave crise financeira dos Estados. As próximas cidades serão Recife e Belo Horizonte.

Ontem, o governador de São Paulo ainda concedeu entrevista à Rádio Gaúcha, de Porto Alegre, em que também defendeu as prévias. Indagado pelos locutores se era candidato ao Palácio do Planalto, sob o argumento de que a vitória de Doria o credenciaria a isso, Alckmin brincou e disse que era candidatíssimo sim, à presidência de seu time, o Santos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos