GCM prende suspeitos de furtar 32 peças no Cemitério São Paulo

São Paulo - Dois homens foram presos por guardas civis metropolitanos após terem sido flagrados furtando pelo menos 32 peças dos jazigos do Cemitério São Paulo Cardeal, em Pinheiros, na zona oeste da capital paulista. A dupla foi detida transportando os objetos por cima do muro para uma carroça, na esquina da Rua Cardeal Arcoverde e Avenida Henrique Schaumann, por volta das 23h30 desta terça-feira (11). Um suspeito fugiu.

A GCM patrulhava a região quando viu Leandro Luís Antão, de 32 anos, e Adriano Ferreira Gomes, de 40, tirando objetos por um muro do cemitério e os colocando em uma carroça. Ao todo, 21 placas de identificação, duas estátuas, seis vasos e três escudos foram apreendidos com os suspeitos. De acordo com os relatos dos guardas civis, havia um terceira pessoa envolvida que estaria dentro do cemitério. Mas o suspeito não foi localizado pela polícia.

A polícia fez uma perícia no local e os objetos foram devolvidos a um representante do cemitério. O caso foi registrado no 14º Distrito Policial (Pinheiros). Os dois homens detidos vão responder pelo crime de furto qualificado (com destruição ou rompimento de obstáculo à subtração da coisa e mediante concurso de duas ou mais pessoas).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos